Pages

Subscribe:

sábado, 20 de outubro de 2012

É da bosta que o povo gosta



Hoje eu estava todo pimpolhão no facebook lendo as coisas que o povo postava e vi uma postagem da minha grande amiga Carla Gutierres dizendo que a nossa querida Rede Bobo acha que “o funk é a paixão nacional e música representativa do nosso país” e sabe oque é incrível? De certa forma a Rede Bobo tem razão, caralho titio Renan como assim a Globo tem razão? Você pirou cara?


Não meus pirilampos, não pirei (ainda),mas sigam a lógica: Um país bosta é representado por música bosta e sejamos francos, o povo adora uma bela porcaria, quanto mais bizarro, ofensivo, não cultural mais o povo vai amar e dizer que é cultural, que é do povão, que quem não gosta é elitista demais.
Aii mimimi vc é elitista, funk é do povão  


 DO POVÃO? QUE POVÃO? Essa porra vem da mídia, sertanejo universitario, funk bizarro, restart e Cia que empurra esse lixo e todo mundo engole, e é claro, os empresários adoram que o povo não tenha cultura, porque quanto mais tapado o povo for, pior conteúdo eles empurram, pagam menos para os “artistas” e lucram muito mais, sempre fazendo um “rodizio” de artistas e lançando cada vez mais conteúdo ruim. É o termo clássico: Massa de manobra, é isso que esse povão é.


Mas vocês acham que essa é a raiz do problema? Tolinhos... a midia só se aproveita do que o povo quer para fins empresariais, são espertões.
Empresário da midia rindo de como você é BURRO

Vocês por acaso notaram que a demanda de conteúdo ruim é cada vez maior? Essa é a verdadeira raiz do problema, mais uma vez: NÓS BRASILEIROS!
Experimenta lançar um artista com conteúdo, provavelmente não vão ser muito lembrados e não vão estourar com fama nacional num nível épico, por acaso se você parar alguém na rua e perguntar se conhece Vanguart, Tequila Baby, Acústicos e Valvulados essa pessoa vai falar que não conhece, mas pergunta sobre Michel Teló, sobre  Tati Quebra Barraco ou Pelanza e o cara vai falar que conhece e que paga pau. Deu pra entender? Brasileiro tem preguiça de pensar, então qualquer melodia com letra zoada e fácil vai gostar e pagar pau, mas tenta dar uma música com uma boa melodia e uma letra fantástica, o cara vai virar para você e falar: Não entendi. Ou seja: QUEREM CULTURA INÚTIL!  Preguiça de pensar, preguiça de estudar e buscar pelo menos 0,1% de conhecimento

Brasileiro
 E sim, o funk é uma bosta, não venham me dizer que sou preconceituoso musicalmente porque uma música que ofende a mulher, promove prostituição, violência, trafico de drogas e pedofilia para mim é uma bela bosta, coisa que apenas acéfalos gostam. Não me venham com essa de que é cultura do gueto, da favela e que não entendo e sou um branquelo azedo.  Porque pra mim isso é putaria generalizada, coisa de uma sociedade NÃO CIVILIZADA.
 
Mesma coisa para o engana trouxa do sertanejo universitário que praticamente ofende o verdadeiro sertanejo raiz (cujo eu tenho pequena afeição) já notaram que sertanejo universitario só tem uma porrada de frase repetida e fala de sucesso sem esforço e baladinha pau no cu? Porra, parem pra pensar na musica do Camaro amarelo, o cara ganhou uma herança e comprou um Camaro amarelo pra xavecar a mulherada, só isso... Ou seja o cara é um fracassado, daqui uns tempos o Camaro desvaloriza e ele volta a ser um fracassado que nunca fez nada na vida. Mas é isso que brasileiro quer, cultura inútil, coisa fácil, nenhum esforço.
Só o Jason pra salvar a gente dessa merda
 E a porra do “Happy Rock” tipo Restart e Cia ltda? Essa porra é uma ofensa ao verdadeiro rock, aqui serei breve: Ninguém do rock é um viadão chorão que fica com mimimi adolescente, nós, verdadeiros fãs de rock, se somos românticos, somos românticos pra valer de forma máscula e decente e não viadões chorões, a Amanda Ferreira está de prova nisso ai.
Tipico fã de Restart
Mimimimi Renan, mas a mulherada gosta do funk, do sertanojo universitario e do happy rock, vc é um viadão virjão bobão cara de melão.
Filho, eu pego mulher e não biscate burra. É bem diferente.

AVISO: Se você gosta de funk, sertanojo universitário, restart e merdas do gênero, por favor, saia da porra do meu blog e não volte nunca mais, você não é bem vindo aqui


4 comentários:

Rafael Sacata disse...

É cara, de que adianta dar músicas de qualidade pra esse povo burro que tem preguiça de pensar. Se ouvirem algo diferente de tche tchere tche tche ou lerele, já não vão entender, imagine então se fossem ouvir algo mais complexo.. A música é reflexo da pessoa (claro que nem sempre, pois conheço pessoas muito inteligentes e bem sucedidas que gostam de sertanejo, assim como também existem "rockeirinhos" escrotos e burros). Mas dizendo em um aspecto geral, sim, a música é um reflexo da sociedade que a aceitou.

Chacon disse...

Eu não diria que o povo engole, o povo gosta. Se não gostasse não era tão fanático. Mas sim, a rede bobo e afins da mídia manipulativa adoram isso pra fazer dinheiro, e não, isso não é de nenhuma cultura intelectual. Não incentiva o conhecimento. Conhecimento que tanto falta nesse país, cuja área de P&D é ridícula quando comparada aos outros BRICs.

Anônimo disse...

Verdade a bobo e foda... Manipula que e uma beleza.. Tal exemplo essas novelinhas dela meia boca...

Kuduro e a porra toda

Anônimo disse...

Tirou as palavras da minha boca. As pessoas que gostam de porcarias como Funk M#&%@, que fala de sexo explícito, apologia a bandido e desejo intencionado da morte de policiais não parecem usar o cérebro pra fazer algo que preste. QUE P$&&@ DE MÚSICA É ESSA, MEU DEUS AMADO?!! Isso é música, por acaso?! Muito pelo contrário, é um conjunto da mais alta subversão que existe. E depois dizem que o rock é do capeta. Sem falar que o Big Brother Brasil é um dos maiores fatores de deturpação mental já existentes. Só se deixa manipular por essas B$S7@s quem quer. Tô fora.

Postar um comentário